Untitled Document
Buscar Notícias
Noticías
Esporte
Conteúdo
Colunas

13/03/2019 às 13h24min - Atualizada em 13/03/2019 às 13h31min
PORTAL ALTOS - Altos(PI)
TAMANHO DA FONTE A- A+
PM preso pesquisava jornalistas que defendiam direitos humanos

O sargento reformado Ronnie Lessa, acusado pelas mortes de Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, buscava na internet nomes de jornalistas que defendem os direitos humanos.

Agentes da Delegacia de Homicídios (DH) e do Ministério Público rastrearam todas as buscas feitas por Ronnie Lessa desde o final de 2017 até o início deste ano.

De acordo com os investigadores, os arquivos acessados pelo PM são considerados provas fundamentais de que ele arquitetou o crime.

Segundo o jornal “Extra”, entre as buscas do PM, há nomes de promotores que investigam casos de crimes cometidos por policiais, jornalistas que cobrem temas ligados a direitos humanos e políticos de esquerda.

O sargento reformado também fez buscas sobre a metralhadora MP5, apontada como a arma usada no crime.

Fonte: Catraca Livre



Campartilhar essa Notícia:



  OUTRAS NOTÍCIAS
16/05/2019 - Vítima de trote brutal em batalhão paraquedista perdeu testículo, diz sentença
10/05/2019 - Baleada em tentativa de assalto, médica atropela três e morre
08/05/2019 - Decreto permitirá que 255 mil possam andar armados nas ruas
07/05/2019 - Moro pede que empresários deem oportunidade de trabalho a presos
06/05/2019 - Miss é encontrada morta na Bahia
03/05/2019 - Verba retirada de universidades será investido na base, diz Bolsonaro
02/05/2019 - 'Efeito Avianca' faz preço de passagem aérea subir até 140%
01/05/2019 - “Texto precisa ser modificado”: O que o trabalhador perde ou ganha com a Reforma da Previdência?
30/04/2019 - Bando fortemente armado explode as agências da Caixa e BB em Campo Maior
27/04/2019 - Mourão tem mais agenda externa do que Bolsonaro

 Publicidade
 
ESPORTE CONTEÚDO NOTÍCIAS
 
 
   
   

Portal Altos © 2019 - Todos os direitos reservados