Untitled Document
Buscar Notícias
Noticías
Esporte
Conteúdo
Colunas

13/03/2019 às 13h24min - Atualizada em 13/03/2019 às 13h31min
PORTAL ALTOS - Altos(PI)
TAMANHO DA FONTE A- A+
PM preso pesquisava jornalistas que defendiam direitos humanos

O sargento reformado Ronnie Lessa, acusado pelas mortes de Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, buscava na internet nomes de jornalistas que defendem os direitos humanos.

Agentes da Delegacia de Homicídios (DH) e do Ministério Público rastrearam todas as buscas feitas por Ronnie Lessa desde o final de 2017 até o início deste ano.

De acordo com os investigadores, os arquivos acessados pelo PM são considerados provas fundamentais de que ele arquitetou o crime.

Segundo o jornal “Extra”, entre as buscas do PM, há nomes de promotores que investigam casos de crimes cometidos por policiais, jornalistas que cobrem temas ligados a direitos humanos e políticos de esquerda.

O sargento reformado também fez buscas sobre a metralhadora MP5, apontada como a arma usada no crime.

Fonte: Catraca Livre



Campartilhar essa Notícia:



  OUTRAS NOTÍCIAS
25/02/2020 - Brasil amplia lista de países para definir suspeitos de coronavírus
08/01/2020 - Polícia prende suspeito de atear fogo em morador de rua
11/12/2019 - Uso irregular de agrotóxicos aparece em 1 em cada 4 amostras de alimentos
09/12/2019 - Quadrilha rouba caminhão com 30 mil quilos de costela, avaliada em R$ 370 mil
09/12/2019 - Fux pode impor que condenados em 2ª instância não recorram em liberdade
18/11/2019 - Jovem sai de delegacia após prestar queixa e é assassinada pelo ex
12/11/2019 - MP do programa Verde Amarelo acaba com registro profissional para jornalistas e publicitários
28/10/2019 - Em novo áudio, Queiroz xinga e diz que investigação ‘até demorou’
14/10/2019 - Papa canoniza Irmã Dulce, a primeira santa brasileira
07/10/2019 - Investigação contra hackers começou uma hora após invasão de celular de Moro

 Publicidade
 
ESPORTE CONTEÚDO NOTÍCIAS
 
 
   
   

Portal Altos © 2020 - Todos os direitos reservados