Untitled Document
Buscar Notícias
Noticías
Esporte
Conteúdo
Colunas

16/04/2018 às 09h12min - Atualizada em 16/04/2018 às 09h12min
PORTAL ALTOS - Altos(PI)
TAMANHO DA FONTE A- A+
Em jogo de 6 gols, Altos vence e conquista bicampeonato

Ao que pesem as péssimas condições do gramado do Estádio Felipe Raulino, em Altos, não faltaram emoções no jogo final do Campeonato Piauiense da 1ª Divisão de Profissionais, disputado na tarde deste domingo (15), com o time da casa arrebatando o bicampeonato com uma expressiva vitória. Com menos de 1 minuto, Altos já vencia por 1 a 0. Com menos de 42, o torcedor já havia presenciado seis gols. Altos, que precisava apenas do empate, venceu por 4 a 2 e fez a festa diante de sua torcida.

Quando o cronômetro acusava 45 segundos, uma falha do setor defensivo tricolor permitiu que Tiagunho abrisse a contagem para o campeão piauiense. Se ficava difícil com um gol relâmpago, o River viu suas chances se reduzirem com o segundo gol altoense, assinalado por Joelson. E eram apenas 8 minutos de partida. O técnico do River, Wallace Lemos, viu que algo estava errado e efetuou a primeira mudança, tirando Gustavo Radar e colocando em campo mais um atacante – Fabiano.

Mal entrou em campo, Fabiano recebeu um passe com precisão cirúrgica de Eduardo. O atacante tricolor chegou na bola antes que Gideão e mandou para as redes. Desenhava-se uma reação que tomaria corpo nos minutos seguintes. O River cresceu em campo e o empate foi apenas uma consequência. Chute de Márcio Diogo, falha de Gideão, jogo empatado no Felipão.

Quando a torcida tricolor festejava, esperando a virada, foi Altos quem movimentou o placar. Aos 38 minutos, com um chute de Dos Santos que Vitor Paiva não conseguiu desviar; aos 41, com Esquerdinha, sem ângulo, com uma pequena colaboração do goleiro tricolor, apesar da bola ter tocado na zaga. Com 4 a 2, os dois finalistas foram para  o intervalo.

No segundo tempo, gamado mais castigado ainda, jogo mais pegado, ao invés de gols vieram as expulsões: Fabiano e Everton Moura, por agressão mútua. Com o River precisando marcar três gols, o técnico Paulinho Kobayashi foi fechando a sua defesa e diminuindo os espaços para o River trabalhar ofensivamente. Final: vitória do campeão, agora bi. E festa no Felipão e na terra da manga. Altos fecha o calendário de competições nacionais para 2019, com presença garantida também na Copa do Nordeste.

Em menos de quatro anos com o time profissional em campo, Altos conquista mais um título e desta feita com direito ao artilheiro máximo da competição – Manoel, com 11 gols. Anteriormente, quando Gênesis foi o goleador, o time ficara com o vice-campeonato. Ao River, vice-campeão, resta a disputa da pré-Copa do Nordeste, a partir desta quarta-feira, com dois jogos diante do Sampaio Correa, do Maranhão.

Fonte: Site do Buim
Foto: Eliziney Santos



Campartilhar essa Notícia:



  OUTRAS NOTÍCIAS
20/10/2018 - Suspeito de assaltos é preso em flagrante com drogas em Altos
20/10/2018 - Altos anuncia "Felipão do Nordeste" como novo treinador
18/10/2018 - Altos estreia fora de casa na Copa do Nordeste 2019; veja a tabela
15/10/2018 - Foragido da Major César e chefe do tráfico de drogas é preso em Campo Maior
13/10/2018 - Altos: missa, festa das crianças e shows musicais marcam aniversário de 96 anos
12/10/2018 - 379 internos da Major César recebem liberdade provisória neste Dia das Crianças
10/10/2018 - Malla 100 Alça, Dayana Almeida, Alvino Luz e Hevilla Nayara animarão aniversário de 96 anos de Altos
08/10/2018 - Com 23.795 votos, Warton Lacerda ocupará suplência de deputado estadual
05/10/2018 - Agente de saúde tem moto roubada em assalto na zona rural de Altos
03/10/2018 - Bairro São Luís recebe obras de calçamento

 Publicidade
 
ESPORTE CONTEÚDO NOTÍCIAS
 
 
   
   

Portal Altos © 2018 - Todos os direitos reservados